Não coma peru, mas aprenda a agradecer

Não comemoramos o Thanksgiving Day no Brasil, e nem acho super legal importar tradições, mas li um texto comemorativo sobre a data e acho que ela se encaixa com o que penso do Natal e do fim do ano.

Os últimos dias de um ciclo são os melhores para relembrar o que passou. Não é a toa que existem as retrospectivas. Coincidentemente, meu aniversário cai no fim do ano e esses dois ciclos se fecham juntos pra mim: o universal e o pessoal. Novembro e dezembro então são meus meses de maiores reflexões.

Os vinte e cinco estão acabando, e posso afirmar que foi um dos anos mais marcantes na minha vida. Imensas realizações pessoais, muito sofrimento e muita felicidade. Tudo no mesmo pacote.

Daí, volto ao texto que mencionei. Ele traz várias maneiras de aproveitar a data para mostrar gratidão aos que estão a nossa volta, incluindo nós mesmos. E essa é a parte que mais facilmente esquecemos.

Então, por que não aproveitar que o ano está acabando, que o Natal está chegando, para relembrar das grandes coisas que fizemos e que nos aconteceram esse ano para agradecer?

Demonstre gratidão por si mesmo:

41. Faça uma lista das coisas que você fez e que te deixaram orgulhosa(o).
42. Cuide-se e faça algo que te dá prazer, como fazer as unhas ou receber uma massagem.
43. Quando alguém te parabenizar, agradeça e mostre seu orgulho por tal habilidade ou conquista.
44. Parabenize-se – enquanto se olha no espelho, ou escreva em seu diário ou coloque recadinhos na geladeira.
45. Dê um tempo a si mesmo para ir atrás daquela paixão que, muitas vezes, está ocupado demais para pensar.
46.Faça um inventário de todas as coisas boas que fez para os outros e para o mundo.
47. Escreva uma carta de amor para si mesmo. Comece com “Querida(o) [seu nome aqui]”  e descreva as coisas que admira em você.
48. Deixe ir as coisas que te impedem de se amar – mostre que se aprecia, independente de suas habilidades.
49. Marque um encontro consigo mesmo — uma noite que seja só para você.
50. Compartilhe sua beleza com as pessoas próximas, mostrando porque têm sorte de te ter em suas vidas.

Espero conseguir fazer meus próprios agradecimentos pessoais antes dos 26 (já batem à porta no próximo dia 30). E você faça o seu.

O texto completo está aqui.

Anúncios

Uma resposta para “Não coma peru, mas aprenda a agradecer

  1. É mesmo Nany, você fez uma reflexão bem legal sobre as datas de seu aniversário e o final de ano. Nunca fiz essa analogia. Mas, se pensar dessa maneira, as datas se invertem para mim, que termino o ano já com o novo na porta. Ou, o que fiz e o que farei estão sempre de mãos dadas. Janeiro puxando o que não fiz até dezembro…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s