Aos Vinte e Seis

Eles finalmente chegaram. 365 dias depois, encerro o ciclo dos vinte e cinco com grandes feitos no pacote. A vida está cada vez mais difícil, mas mais recompensadora.

Pela primeira vez, em anos, sinto que estou crescendo. Mudando a minha forma de pensar em carreira, família, vida e amadurecendo para algumas coisas, e tudo isso que parecia muito estranho, vai ficando natural.

Também vou ficando mais medrosa. Cada passo é mais arriscado, cada atitude mais significativa. A responsabilidade continua pesada.

Mas saber que não estou sozinha é incrível. Ver os amigos à minha volta crescendo junto, construindo suas vidas e fazendo planos… adoro estar perto, mesmo longe. E amei as mensagens e telefonemas. Mudaram meu dia 🙂

Amo ter a família perto, passar o final de semana com a mãe, irmã e “cunhado”, acordar com o carinho das cachorras… obrigada por tanto amor de vocês (mesmo nos meus dias de bicho-ruim), por fazerem tantas coisas legais, como dar remédio pro boi durante a semana e lavar a louça.

E também agradeço ao meu grande amigo, ex e namorado de novo, que não passou os 25 inteiros comigo, mas também nunca saiu da minha vida. Dani, obrigada por participar das minhas confusões, programas e viagens-cilada, ideias geniais e executar os planos e tarefas mais difíceis das nossas vidas. Entre eles, conviver.

Por fim, agradeço a mim mesma, como disse no post passado. Consegui “bater minha meta” pessoal, e tive coragem pra tomar as decisões e pra enfrentar as mudanças. E acho que essa coragem é meu maior orgulho esse ano. Quantos conseguem direcionar a própria vida pro lado que gostariam? Quantos estão infelizes e se arriscam a mudar?

Nobody said it was easy, no one ever said it would be so amazing.

 

Rumo aos 27!

Anúncios

Uma resposta para “Aos Vinte e Seis

  1. Que bom que pensas assim Nany! E que bom ter feito, seguido e atingido suas metas pessoais. Você é está bem melhor que eu em muitos sentidos, mas, acho que é assim mesmo o ciclo da vida. Como eu sempre disse a vocês, não sejam como eu, sejam melhores que eu!
    Parabéns Nany, não imagina como me orgulho de você, da sua caminhada, das suas quebradas de cara, das suas indecisões que te levaram onde você está hoje.
    O que puder passar à sua irmã, de positivo, faça! Você é uma grande referência para ela, (irmãs mais velhas são assim…). Amo você muito e vê-las hoje na cama, uma pertinho da outra, rindo, fazendo carinho, quando ver isso em outras famílias é tão improvável, aquece meu coração e me dá a certeza de que eu também tenho minhas vitórias com vocês.
    E apesar das pedras quentes, foi bom ter atravessado tudo isso, até hoje, só com vocês duas.
    Viva Nany /

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s