Aos (quase) vinte e oito

É complicado fazer 25 anos.
Mas é complicado fazer 26. E é complicado fazer 27.

Agora to quase nos 28, e ainda não ficou fácil. E os 30 me assustam.

E assusta mais olhar agora e ver tudo o que já passou, e como estou longe dos 25 – apesar do blog ainda ser o mesmo, e com o mesmo nome.

Apesar de eu ainda ser a mesma (talvez), e com o mesmo nome.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s